Significados das Cruzes

INICIO | CEMITERIOS | E-MAIL


Tipo de Cruz
Descrição
Imagem
Ankh
Também conhecida como “Chave do Nilo” e Cruz Ansata (de “ansa”, termo antigo e poético para “asa”, utilizado em especial em contexto cristão, donde o termo latino Crux Ansata). Simbolizava a vida no Egito Antigo.
Cruz Latina
Também conhecida como Cruz Cristã ou crux ordinaria (em latim). É o símbolo mais comum do cristianismo, representando o sacrifício redentor de Jesus, embora a cruz (com duas vigas), nunca tenha sido relatada no Novo Testamento.
Cruz Copta
Um pequeno círculo do qual emanam quatro braços de igual comprimento, com elementos em forma de T nos cantos (as hastes horizontais dos Tt apontam para o círculo) que representam os pregos usados na crucificação de Jesus.
Cruz Grega
Também conhecida como crux immissa quadrata. Todos os seus braços têm o mesmo comprimento.
Cruz Gamada (Suástica)
Seus "braços" quebrados fazem uma curva de 90 graus, representando o movimento. Essa cruz adquiriu má reputação ao ser associada ao movimento político-ideológico do nazismo.
Cruz celta ("High cross")
São cruzes celtas de pedra encontradas na Irlanda e na Grã-Bretanha, comuns em igrejas católicas e cemitérios, que se apresentam em pé e com um círculo.
Lábaro
O lábaro (labarum, em latim) de Constantino é um monograma de Jesus Cristo, do qual existem diversas formas. É formado a partir das letras gregas Chi (?) e Rô,(?), iniciais de ???st?? (“Cristo”, em grego).
Cruz Papal
Usada na heráldica eclesiástica. Também conhecida como Cruz Tripla ou Hierofante. As três barras horizontais representam as três funções do Papa, como Bispo de Roma, Patriarca do Ocidente e Sucessor de Pedro.
Cruz Patriarcal
Outrora conhecida como Cruz de Lorena, possui um "braço" menor que representa a inscrição colocada pelos romanos na cruz de Jesus. Foi muito utilizada por bispos e príncipes da igreja cristã antiga; por vezes apresenta uma barra curta diagonal próximo ao seu pé, assemelhando-se a Cruz Eslavônica.
Cruz Vermelha
Usada como símbolo de atendimento médico na maior parte do mundo. Nos países muçulmanos, usa-se o Crescente Vermelho.
Cruz de Santo André
Usada na bandeira nacional da Inglaterra.
Cruz de São Pedro
Uma Cruz Latina invertida sobre o eixo horizontal (i.e., de cabeça para baixo), tem sua origem na Tradição Católica, que conta que São Pedro foi martirizado em Roma, sendo crucificado de cabeça para baixo.
Cruz Anárquica
Uma Cruz invertida adaptada, na qual se insere um punho fechado. Usada pelo movimento anarco-cristão.

Caveira
Não é propriamente uma cruz, mas um elemento simbólico no qual estão representados dois ossos cruzados com uma caveira sobreposta. Foi usada pelos maçons, pela frota dos Templários e por piratas europeus e americanos. Hoje pode significar perigo ou substância tóxica.
Cruz Eslavônica
Uma variação da Cruz de Lorena usada pela Igreja Ortodoxa Russa. A barra menor superior representa o apoio da cabeça. A barra diagonal inferior apontaria, para alguns, o céu (para cima) e o inferno (para baixo). As letras IC XC ao longo da barra principal são um monograma de Cristo. Também conhecida como Cruz Russa.
Cruz Solar
Também conhecida como “disco solar” ou “Cruz de Odin” (por ser a representação deste deus na mitologia nórdica) Muitos a conhecem também por "Chalice Well", devido à História do Rei Arthur, que achava que o poço do Santo Graal tinha essa imagem no fundo.
Cruz de Santo Antonio
Também conhecida como Cruz de Tau (´´tau´´ é a letra do alfabeto grego equivalente ao T, cuja forma adota), Cruz Egípcia e crux commissa. Francisco de Assis assinava com ela.
Cruz da Ordem de Cristo
Cruz originalmente utilizada pela Ordem de Cristo de Portugal. Desde então tornou-se um símbolo de Portugal, utilizado nas velas das naus no tempo dos Descobrimentos e actualmente pela Força Aérea Portuguesa.
Cruz da Ordem de Santiago
Cruz utilizada pela Ordem de Santiago. Também chamada Cruz Espatária ou Espada Crucífera.
Cruz da Ordem dos Cavaleiros Templários
Cruz utilizada pela Ordem dos Cavaleiros Templários. Também chamada de Cruz Coroada.

Voltar